Notícias

Economia de Israel cai quase 20% após o início do conflito em Gaza

Em termos anuais, o aumento de 2% foi registrado em 2023.
Economia de Israel cai quase 20% após o início do conflito em GazaGettyimages.ru / Amir Levy

O produto interno bruto (PIB) de Israel caiu 19,4% nos últimos três meses de 2023 após o início do conflito com o movimento palestino Hamas, de acordo com dados oficiais preliminares citados pela Bloomberg nesta segunda-feira.

"A divulgação ressalta a extensão em que a economia israelense foi afetada pelo conflito, particularmente pela atividade privada", disseram Tadas Gedminas e Kevin Daly, economistas do grupo de bancos de investimento Goldman Sachs.

Em termos anuais, o crescimento do PIB no ano passado foi de 2%, o que estava de acordo com as projeções do Banco Central do país hebreu. Quanto a este ano, a agência avalia que a economia israelense também crescerá 2%, enquanto o Ministério das Finanças prevê um aumento de 1,6%.

Além disso, segundo o banco israelense Hapoalim, o Índice de Gerentes de Compras (PMI) subiu para 49,2 até o final de 2023, ainda abaixo dos níveis pré-conflito, indicando contração nas atividades industriais.

De acordo com os economistas do Goldman, isso aumenta a probabilidade de que o banco central continue a reduzir as taxas de juros de curto prazo. No início de janeiro, o órgão baixou as taxas pela primeira vez desde a pandemia de covid-19, reduzindo-as em 0,25 ponto percentual, para 4,5%.